Dicas para não enjoar em um Cruzeiro

Quando o tão esperado momento de viajar para um lugar incrível a bordo de um navio se aproxima, muitos marinheiros (principalmente os de primeira viagem) sofrem antecipadamente. Isso porque uma das preocupações com relação a este tipo de viagem está relacionada ao balanço do navio.

A ciência explica que os enjoos acontecem quando o nosso corpo é submetido a algum movimento que não faz parte da nossa rotina. Por isso, quando estamos em alto-mar, o balanço do navio pode afetar a região responsável pelo equilíbrio do corpo, provocando um desequilíbrio sensorial que nos induz ao mal-estar.

Grande parte das pessoas não sente os efeitos dessa movimentação e consegue aproveitar a viagem ao máximo. Porém, uma coisa é fato: o navio balança mesmo! Tudo depende do seu tamanho, da condição do mar ao longo dos dias e do roteiro. Mas, calma! Temos uma boa notícia para você: é possível prevenir o mal-estar com algumas dicas que daremos a seguir!

COMO SE PREVENIR?

Alternativas terapêuticas já têm sido criadas para reverter os efeitos do balanço do mar. Em lojas náuticas já são encontradas as pulseiras antienjoo, que prometem amenizar os efeitos sensoriais utilizando técnicas de acupuntura. Já aqueles que preferem métodos convencionais, podem optar por algum medicamento encontrado em farmácias.

Confira outras dicas para evitar o mal-estar a bordo:

CUIDE DO SEU CORPO

Pessoas que enjoam com facilidade tendem a achar que não devem se alimentar durante o período do enjoo, até o que o mal-estar vá embora. Este é um erro gravíssimo, pois é fundamental se manter hidratado e alimentado durante toda a viagem. Opte por alimentos saudáveis e refeições balanceadas para que seu corpo permaneça forte e você possa aproveitar o melhor que o navio pode te proporcionar. Lembre-se daquele ditado que diz: “saco vazio não para em pé”!

CUIDADO COM O ÁLCOOL

É importante, também, não exagerar nas bebidas alcoólicas, pois o consumo excessivo dessa substância pode desequilibrar o labirinto – região do ouvido responsável pelo equilíbrio do corpo – e induzir ao enjoo.

PRIORIZE A BOA LOCALIZAÇÃO DA CABINE

Se você já sabe que passa mal com o balanço do mar, planeje-se: opte pelas cabines centrais do navio e a trepidação provavelmente será menor. Os navios maiores também tendem a ser mais estáveis. Fazendo a escolha certa, o risco de enjoar se torna mínimo!

1 Resposta

  1. Sivoney disse:

    Tenho labirintite e já fiz dois cruzeiros e concordo plenamente com a matéria ! No meu caso começo a tomar a medicação labirin 10 dias antes do embarque 👍amo cruzeiros ❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicite agora
Faça sua cotação, clique aqui!
Olá, meu nome é Alexandre, vamos fazer a cotação da sua próxima viagem de cruzeiro? Quero ajudar você a obter as melhores ofertas disponíveis!