Costa Cruzeiros suspende temporada 2020/2021 no Brasil

Os três navios da Costa Cruzeiros programados para navegar pelos mares do Brasil, Argentina e Uruguai para a temporada 2020/2021 de verão, Costa Fascinosa, Costa Pacifica e Costa Luminosa, não virão mais. “Todos os cruzeiros a bordo dos navios Costa Fascinosa, Costa Luminosa e Costa Pacífica pela América do Sul, com embarques programados para o período de novembro de 2020 a abril de 2021, estão cancelados”, informa a empresa.

A companhia marítima também anunciou que as vendas para a temporada 2021/2022 na América do Sul serão abertas amanhã, 8 de setembro. Os navios que virão no próximo ano são o Costa Favolosa, com embarques em Santos e Salvador, e o Costa Pacifica, com embarques no Rio de Janeiro, Buenos Aires e Montevidéu.

Segundo o presidente da Costa Cruzeiros para América do Sul e Central, Dario Rustico, a antecipação da temporada 2021/2022, para venda imediata, servirá para que os agentes de viagens tenham mais tempo para comercializar os produtos, antecipar receita e “vender produtos certos e seguros”, já que o ambiente no Brasil e na Argentina se mostra indefinido (ainda não há uma data para a autorização da navegação).Costa Favolosa volta em 2021

A empresa justificou a decisão devido à indefinição do atual cenário na região. “A Costa Cruzeiros navega na América do Sul há ininterruptos 72 anos e temos o compromisso de seguir operando por aqui”, disse, no comunicado oficial, o presidente executivo da Costa para América Central e do Sul, Dario Rustico, que está baseado em São Paulo. Rustico falou esta manhã com exclusividade ao Portal PANROTAS, explicando o motivo do cancelamento da temporada e contando os procedimentos para agentes e passageiros e também os planos para os próximos anos.

“Nossos navios teriam de sair da Europa em sete semanas, mas com um cenário ainda indefinido, decidimos pela decisão mais lógica para todos. O ano é difícil para muitas famílias, e estamos focando em um futuro melhor e maior na América do Sul. Vínhamos com planos ambiciosos de crescimento, com três navios este ano, e esses planos continuam. Sairemos desse cenário mais fortes e a América do Sul vai ter a posição que merece no cenário global de cruzeiros”, afirmou ao Portal PANROTAS. A Costa havia interrompido a temporada 2019/2020 em 17 de março deste ano, devido ao anúncio de pandemia feito pela OMS cinco dias antes.

COMO VAI FUNCIONAR A REMARCAÇÃO
A Costa oferecerá crédito para outros cruzeiros, com um bônus de benefício para uso a bordo, e também reembolsará os que cancelarem as viagens, seguindo a lei 14.046, que prevê devolução do dinheiro em até um ano após o fim do estado de calamidade pública, descontando a comissão das agências de viagens. Rustico diz que a partir de maio de 2021, os brasileiros já poderão experimentar os cruzeiros Costa em todo o mundo, com segurança a experiência que conhecem e gostam há tantas décadas.

A retomada dos cruzeiros da Costa começou esta semana com o Costa Deliziosa, em cruzeiros na Itália e para italianos. Aos poucos mais navios voltarão e mais nacionalidades serão permitidas a bordo. “Além de nossos protocolos, do selo e certificações que recebemos, nós trabalhamos junto com os destinos, para eles também sigam protocolos de segurança e estejam alinhados com os nossos. Fizemos isso primeiro com a Itália, em seguida virão Grécia e outros países. Aqui no Brasil ainda existe um cenário de indefinição. Assim, vamos contar com a ajuda de agentes de viagens e operadores para juntos garantirmos uma excelente temporada 2021/2022 para os brasileiros. Por enquanto, confirmamos dois navios, mas dependendo da resposta do mercado, podemos reavaliar a questão da oferta”, continuou.

Confira abaixo todos os detalhes de reembolsos e remarcações, e da próxima temporada da Costa na América do Sul.

REMARCAÇÕES: Todos os agentes de viagens e clientes com viagens impactadas pela decisão (a atual temporada estava sendo vendida desde setembro do ano passado) receberão uma carta da Central de Atendimento da Costa Cruzeiros, com os detalhes de contato para as remarcações e mudanças nos cruzeiros. Dario Rustico diz que a equipe já está preparada para isso e que vai trabalhar com os agentes de viagens em ações nos próximos meses para a venda da próxima temporada e a substituição das viagens.

“A temporada no Brasil sempre vendeu mais de última hora e essa é uma oportunidade para o agente de viagens ter mais tempo para vender e adiantar uma importante receita nesse momento”, explica. A Costa não demitiu nenhum funcionário no País e a equipe está completa para esse atendimento e a retomada das vendas para 2021, garante ele.

CRÉDITOS: A Costa informa que está em contato com as agências de viagens e os hóspedes que adquiriram essas viagens e foram impactados pelo cancelamento, para oferecer a utilização de crédito no valor recebido pela Costa, deduzido apenas da comissão paga ao seu agente de viagens, para pagamento (ou parte de pagamento) de outro cruzeiro. A reserva do novo cruzeiro deve ser feita até 31/12/2021, considerando cruzeiros com embarque até 30 de junho de 2022.

BÔNUS: Fazendo a reserva do novo cruzeiro até 31 de março de 2021, os hóspedes receberão ainda um bônus da Costa em forma de crédito, para utilizá-lo em sua próxima viagem exclusivamente no pagamento das suas despesas a bordo. O valor do crédito a bordo será de R$ 400 por cabine para cruzeiros cancelados de uma a cinco noites; R$ 800 por cabine para cruzeiros cancelados de seis a nove noites; ou de R$ 1,2 mil por cabine para cruzeiros cancelados acima de dez noites. Este crédito adicional não será cumulado com outro bônus semelhante que já tenha sido concedido devido a eventual cancelamento anterior.

REEMBOLSOS: A Costa informa que respeitará a decisão dos seus hóspedes que não optarem pelo crédito e quiserem o reembolso. A empresa diz que eventuais pedidos de reembolso serão processados no prazo definido pela lei 14.046 de 2020, ou seja, até 12 meses, contado da data de encerramento do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 2020. O valor a ser reembolsado corresponderá ao montante recebido pela Costa Cruzeiros pelo cruzeiro cancelado, deduzindo apenas da comissão paga aos agentes de viagens, também nos termos da lei.

CRUZEIROS DISPONÍVEIS: A Costa Cruzeiros já voltou a operar na Europa, com cruzeiros pela Itália, apenas para passageiros italianos. No próximo mês novas nacionalidades serão contempladas, seguindo as orientações das autoridades europeias. Os brasileiros poderão navegar nos navios nesses e outros roteiros internacionais assim que as restrições das autoridades de cada país forem retiradas.

Depois do Costa Deliziosa, que terá Trieste como porto de saída até o final do ano e que voltou a navegar neste domingo, 6 de setembro, o Costa Diadema reiniciará suas viagens a partir de Gênova, em 19 de setembro. De início também para italianos e com paradas em Civitavecchia/Roma, Nápoles, Palermo, Cagliari e La Spezia. Em outubro será a vez do retorno do Costa Smeralda, seguido da inauguração do Costa Firenze, em dezembro – o navio está em construção no estaleiro Fincantieri’s Marghera.

PRÓXIMA TEMPORADA: A temporada 2021/2022 na América do Sul poderá ser vendida pelos agentes de viagens a partir de terça-feira, 8 de setembro. A companhia terá dois navios operando entre dezembro de 2021 e abril de 2022 na região.

“A antecipação da abertura das vendas visa oferecer ao hóspede a possibilidade de planejar e organizar suas férias com antecedência, oferecendo embarques seguros e garantidos, com a qualidade do produto que os hóspedes sul-americanos anseiam, além de auxiliar e incentivar o mercado do Turismo e beneficiar os agentes de viagens com a possibilidade de antecipar faturamento e comissão”, explicou o presidente da empresa na América do Sul.

Com embarque em Santos, o navio Costa Favolosa terá o primeiro cruzeiro regular no dia 5 de dezembro de 2021 e realizará 17 roteiros de seis a sete noites, dedicados à região Nordeste do País. Os turistas provenientes dessa região poderão embarcar em Salvador.

O Costa Favolosa também realizará três minicruzeiros, de três a quatro noites, e terá os cruzeiros de Natal e Réveillon na praia de Copacabana, além do cruzeiro de Carnaval. Já os cruzeiros temáticos estão confirmados, com datas de embarque ainda a definir.

Confirmado para mais um verão em águas sul-americanas, o Costa Pacifica terá cruzeiros de sete e oito noites pela região do Prata, com embarques do Rio de Janeiro, Buenos Aires e Montevidéu. No dia 31 de dezembro de 2021, o navio também irá atracar na praia de Copacabana para a celebração de Réveillon.

A temporada 2021/2022 ainda será marcada pelos cruzeiros de travessia entre Itália-Brasil e Brasil-Itália. Um possível aumento da oferta depende de como o mercado vai reagir no próximo ano.

Acesse e confira na íntegra:

https://www.panrotas.com.br/coronavirus/cruzeiros/2020/09/costa-cruzeiros-suspende-temporada-20-21-no-brasil-e-abre-vendas-para-21-22_176422.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicite agora
Faça sua cotação, clique aqui!
Olá, meu nome é Alexandre, vamos fazer a cotação da sua próxima viagem de cruzeiro? Quero ajudar você a obter as melhores ofertas disponíveis!